Sem categoria

Mais Arcade e menos Realismo em Forza Horizon

A Playground Games, desenvolvedora de Horizon, está tomando muito cuidado para não chamá-lo de um jogo de “corrida arcade”. Eles dizem que o jogo é de “corrida de ação”, e eu não sei se isso vai agradar muito aos fãs de longa data da franquia. Ele parece ter mesmo é a atmosfera mais “largada” de um Burnout, então eu acho que vou conseguir me divertir bastante.
Com Forza Horizon, a Playground Games tem uma filosofia: destacar a cultura automobilística e o estilo jovem e descolado de seus cultuadores, oferecendo um monte de pistas para você correr e um monte de músicas da moda para você ouvir enquanto corre. O aspecto “mundo aberto” do jogo introduz o off-road à série Forza enquanto os carros “civis” passeando pelas ruas dão um toque de Need for Speed para a brincadeira toda.
Na Demo Você precisava chegar entre os 10 primeiros para ganhar uma pulseira e conquistar acesso ao “Festival Horizon”, onde o jogo acontece de verdade. Essas pulseiras são algo como a moeda social no festival, explicou o diretor de design do jogo, Ralph Fulton. Elas marcam seu progresso pelo sistema de classificações do jogo.
Na demo, você recebe pontos de experiência por executar derrapagens, drifts, ultrapassagens e por desviar de carros dos civis. Vandalismos, como quebrar placas e cercas, também te dão experiência, o que não faz muito sentido, levando em conta que isso destruiria os carros.
O objetivo é se tornar o melhor corredor do festival, uma conquista que reflete não apenas suas vitórias nas corridas, mas também a sua performance nelas. O festival é praticamente o centro de comando do jogo, incluindo uma pista de exibição para os carros e uma garagem onde você pode tunar o seu carango, além de comprar carros novos.
Nas ruas, você pode entrar em uma corrida com qualquer outro participante do festival que encontrar. E se ficar em dúvida da direção em que deve seguir no imenso mapa do jogo, pode perguntar o caminho da sua próxima corrida ou evento para o seu Kinect, que ele vai te responder com uma rota apropriada. Seu próprio GPS.
Os gráficos e a física vão estar no nível das espectativas dos fãs de Forza, assegurou Fulton. Os carros também serão diferentes nessa versão. Enquanto normalmente os games da série se esforçam para oferecer uma gama variadíssima de veículos, do mais básico ao mais exótico, a frota de Horizon segue doir preceitos: eles têm que ser bonitos e versáteis, compatíveis tanto com pistas asfaltadas quanto com as piores estradas. Então a produtora procurou por máquinas que oferecessem uma “experiência diversificada de direção”, como o Audi Quattro ou o Mitsubishi Evolution.
A lista completa de carros ainda não está definida porque a equipe está no processo de licenciamento, disse Fulton. Mas, quando o jogo chegar, quem tiver Forza 3 ou 4 ganhará alguns modelos exclusivos de presente, dependendo de quanto avançaram nesses dois jogos.
Se é um jogo de corrida arcade ou um jogo de corrida de ação, você é quem vai decidir.
A intenção da Microsoft é aumentar o público de sua série de corrida e talvez ela consiga.
Vamos esperar até o lançamento, em 23 de outubro, para saber.
No momento, confira o trailer:

Sobre o Autor

Tricks

Bacharel em Música/ Canto Lírico pela Ufrj e baixista da banda Negrayscow. Extremamente viciado em videogames, Star Wars e The Lord of The Rings. Prefere os jogos de rpg e terror. É apaixonado pelo mundo da ópera e acha Iron Maiden a melhor banda de todos os tempos!!!!

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper