Destaque Notícias

Ubisoft culpa falta de criatividade à ausência de consoles de nova geração

 

Ai ai….nego aproveita qualquer deixa para falar besteira.

Yves Guillemot, CEO da Ubisoft disse em entrevista ao Gamasutra que a nova geração tem que vir logo porque isso estaria comprometendo a criatividade.

“Perdemos o ciclo de um novo console a cada cinco anos” disse ele. “Fomos penalizados pela falta de um novo console no mercado. Eu entendo que as empresas não querem um novo console com muita frequencia porque é caro. Mas é importante para toda a indústria, porque ajuda a criatividade.”

O executivo também disse que o público tende a experimentar coisas novas em novos consoles, ao invés de se fixar em franquias estabelecidas e continuações.

” É muito menos arriscado criar novas franquias no início de uma geração”, disse. “Nossos clientes estão abertos a coisas novas. Eles reabrem suas mentes e vão atrás apenas do que é realmente bom. …No fim de uma geração, eles querem coisas novas, mas eles não compram tantas coisas novas (nota do autor: ?????????). Eles sabem que seus amigos estarão jogando Call of Duty ou Assassin’s Creed, então optam por estes jogos. Então, no fim do ciclo é bem difícil.”

Guillemot também falou sobre o Wii U.  ” Eu acho que a Nintendo nos surpreende com frequência, então, nunca se sabe. Eu acho que eles criaram uma boa coisa. Se o público usar tudo o que eles criaram, eu acho que poderemos ter um bom sucesso com aquele console. Esse tipo de colaboração pode ser divertida e desafiadora. É algo que nunca foi feito. …Eles estão assumindo o risco com os jogos que criam e eles são extremamente bem sucedidos.”

Agora, calmaí Yves. Na boa!  Eu nunca vi um pintor precisar de um pincel de última geração para pintar, nem um músico precisar de um instrumento novo para fazer boas músicas. Também não vi ninguém reclamar de comprar novas franquias por culpa do console não ser de nova geração. Falta coisa interessante mesmo! É sério mesmo isso? Todo mundo sabe que tecnologia é diferente e tals, que equipamentos mais poderosos abrem novas possibilidades. Mas dizer que isso está inibindo a criatividade é um das maiores besteiras que eu já ouvi na vida. Fala sério!

Sobre o Autor

Rodrigo de Souza

Game Designer, Professor e Pai (Não nessa ordem).
Gamer também, quando dá tempo.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

10 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Feliz é a Nintendo apostando nos velhos e bons games de plataforma dando apenas uma sapecada nos efeitos de profundidade e beleza de graficos "simples". Creio que não só eu, mas muita gente ainda se diverte com games de Super Nintendo e outros consoles daquela epóca.

  • A Square-Enix reclamou sobre a mesma coisa recentemente. Tem muita produtora aí com capacidade de produzir games muito superiores ao PS3 ou o 360, mas as empresas não conseguem produzir uma nova geração. Lamentável.

    • Já que citou a Square, não posso deixar de lembrar do Chrono Ressurection (para quem não soube, um remake "fan-made" em 3d de Chrono Trigger super bem iniciado, mas que foi "abandonado" pelo fato da Square não comprar a ideia e proibir a continuação do mesmo. Mas como andei pesquisando antes de postar essa resposta. Parece que estão voltando atras da ideia… vamos aguardar rs…). Na sua concepção. O que é superior? melhores gráficos ou jogos mais envolventes? com personagens marcantes? Sagas novas de velhos "heróis". é muito complexo. Pra mim, é falta de criatividade ou preguiça essas respostinhas de produtoras.

  • Mas a questão, amigo, não é o público, são as empresas. É muito mais seguro investir numa franquia já estabelecida do que numa franquia totalmente nova.
    Gente criativa e ideias novas existem, mas não se investe nelas porque já sabem que Call Of Duty e Assassin's Creed vai dar certo. Pra quê arriscar?

    Não concordo exatamente com tudo que ele disse, mas o que foi dito TEM FUNDAMENTO SIM. Uma nova geração dá mais "coragem" para se investir em novas franquias, com novas possibilidades de jogabilidade e gráficos.

    • Ramon, eu gosto de novidades, apesar de ter usufruído bem pouco das atuais. Sei apreciar, e a galera adora. Mas por exemplo. Hoje vejo que jogos que levaram anos para serem feitos foram esquecidos rapidamente após seu fim. As vezes sobrevivendo apenas do multiplayer e dos amigos que também o jogam. E os jogos de consoles antigos, você já enjoou? Muita gente não. Com a correria do dia a dia, na minha opinião o que vale são os jogos de diversão instantânea. (raramente encontrado em jogos atuais). entendo a parte do mercado precisar viver, precisa vender, sempre atrair pessoas para coisas novas. mas pensando como "usuário", pra mim, vale o dito anteriormente.

    • Seguindo seu critério, essa foi a grande jogada da Nintendo com o Wii. E pelo que você disse, concordo. É mais fácil você se divertir jogando um Mario Kart (que eu considero diversão instantânea) do que tentando zerar mais uma vez o seu Call of Duty.

      Imagino que seja pelo que você disse também que tantos jogos tem que vir com multiplayer online, mesmo que seja bastante desnecessário (precisa mesmo de Multiplayer em Uncharted, Assassin's Creed e/ou God of War?).

      Sobre jogos de consoles antigos, vai depender muito do jogo pra eu curtir. Eu por exemplo nunca fui muito fã de jogos plataforma.

      Enfim, não entendi muito o que você quis dizer XD Ou pelo menos o que isso tem a ver com o post.
      Mas digo que um jogo muito bom e muito inovador pode sair agora e ser rapidamente esquecido, como você bem disse, enquanto o Black Ops II venderá milhões. Aí é a questão do mercado. Talvez se esse jogo saísse no inicio de uma nova geração ele atrairia mais público e se tornaria um novo clássico.

  • Se a culpa fosse realmente dos consoles na época dos 8 bits os jogos não seriam tão bons =D.
    Essa produtoras estão querendo passar a responsabilidades deles para os outros, quem tem que se virar e criar Algo inédito, divertido e criativo são ELES e não a Sony , Nintendo e Microsoft =/.
    E acima de todo JOGOS NÃO SÃO SÓ GRÁFICOS GENTE!

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper