Início » Sessão Classic 7: Pitfall! (1982)
Destaque Sessão Classic

Sessão Classic 7: Pitfall! (1982)

 

Caramba! O que se pode dizer deste clássico dos clássicos? Que é incrível? Ainda é pouco… “Pitfall!” foi desenvolvido pela Activision e lançado para o saudoso Atari 2600 no ano de 1982 e trazia para os jogadores da época a experiência de ter um bom game em mãos. Era a inovação total dos games! E há quem diga que foi difícil de produzí-lo. E nem foi! O criador do game, David Crane, deu uma entrevista à revista Edge em 2003 descrevendo o processo de criação de “Pitfall!”. E pasmem: foi tão simples quanto tirar doce da boca de uma criança. “Eu me sentei com um pedaço de papel em branco com o desenho de um homem-palito no centro. Eu disse “Ok, agora eu tenho um homenzinho que corre e vamos colocá-lo em um caminho [mais duas linhas desenhadas no papel]. Onde é esse caminho? Vamos colocá-lo em uma selva [desenhei algumas árvores]. Porquê ele corre? [coloquei alguns tesouros para coletar, alguns inimigos para se desviar e etc]. E ‘Pitfall!’ nasceu ali!” disse Crane. “Todo esse processo tomou aproximadamente 10 minutos. Depois de mil horas de programação o game estava pronto.” completou. O jogo alcançou detalhes técnicos inéditos, como uma ausência de cintilação, multi-colorido e sprites, em um sistema com um hardware reconhecidamente primitivo. E obviamente foi um sucesso massivo de vendas na época.

Screen do game. Os três crocodilos doidinhos pra fazer uma bóia do Harry.

O jogador deve mover seu personagem, conhecido como Pitfall Harry, através de uma floresta tipo labirinto em uma tentativa de recuperar 32 tesouros em um período de 20 minutos. Nesse tempo ele deve derrotar a densa floresta, com suas cobras, morcegos e insetos.No caminho Pitfall deve superar inúmeros riscos, incluindo poços de piche, areia movediça, buracos, troncos de árvore rolando, cobras, escorpiões, fogo, morcegos e crocodilos. Harry pode pular sobre esses obstáculos, ou evitá-los de outras maneiras como escalar, correr e se abaixar na hora certa, e, em certos lugares, se balançar com o auxílio de cipós.

Harry se metia em cada buraco pra conseguir o seu pão de cada dia…

Vários remakes foram criados para sistemas de computadores, assim como para outros consoles como Coleco Vision e Intellivision. O sucesso do jogo deu origem à série de jogos “Pitfall!, contando com os seguintes jogos: “Pitfall 2: Lost Caverns” (1983), “Super Pitfall” (1987), “Pitfall: The Mayan Adventure” (1994), “Pitfall 3D: Beyond the Jungle (1998) e “Pitfall: The Lost Expedition” (2004). Alguns dos jogos da série permitiam jogar o “Pitfall!” original, como o “The Mayan Adventure” e “The Lost Expedition”. E havia também uma promoção especial que a Activision lançou na época em que qualquer um que atingisse mais de 20.000 pontos poderia enviar à Activision uma foto da tela da televisão para receber o patch “Pitfall! Harry Explorer Club“.

Pitfall Harry também atingiu a era dos polígonos em “Beyond the Jungle”

 

Enfim, este clássico continua respeitado por toda comunidade gamer até hoje e muitos fãs que não possuem mais o Atari 2600 baixam emuladores e versões para controlar Pitfall Harry em sua primeira aventura. Pra quem pode, bora jogar! E pra quem não pode e quer matar a saudade, aí vai um vídeo com um gameplay de “Pitfall!” no qual vocês poderão vomitar arco-íris e desejar voltar na época onde isso era um jogo com gráficos fabulosos.

 

 

Sobre o Autor

Foto de perfil de Felipe Felizardo

Felipe Felizardo

Jogador de gueimes, conhecedor de survival horror, pai da Cecília, Power Ranger nas horas vagas e muito rico. De saúde.

Adicionem na Xbox Live ---> FelipeZardo

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Último Vídeo – GameFM – YouTube

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas