Notícias

Nintendo planeja acabar com o relacionamento com consumidores exclusivamente por aparelhos da empresa

Apesar do título complicado, a premissa é bem simples. Até hoje, o foco da Nintendo era apresentar seus personagens, jogos e ideias apenas através de aparelhos da empresa, ou seja, Mario só iria aparecer no Wii U ou no 3DS.

Mas isso vai mudar. Significa que veremos Mario, Zelda e etc no PS4 ou Xone? Não. Mas os veremos em nossos celulares e tablets (pelo menos de forma oficial).

Apesar de muitos apontarem o Wii U como prova de que a Nintendo falhou em responder às mudanças no mercado de games desde o lançamento do Wii, Iwata disse que a empresa já iniciou uma série de profundas mudanças na maneira em como pensa seus produtos.

Até hoje, a Nintendo tinha um “relacionamento baseado em aparelhos” com seus consumidores. Esse relacionamento era pautado na força de suas franquias. Este relacionamento, porém, causou uma limitação no alcance de seus produtos, visto que os consumidores não embarcaram na ideia do Wii U. “Ficamos distantes de nossos consumidores com o lançamento de novos aparelhos já que não tínhamos outra forma de nos relacionar com eles,” disse o presidente da empresa, Satoru Iwata.

O Wii U, trouxe as “Nintendo Network IDs”, uma tentativa de criar um relacionamento com o consumidor baseado em uma conta que poderá ser mantido através de diferentes hardwares e plataformas e gerações. “No futuro, a ligação através das NNIDs será a nossa nova definição de plataforma.”

Com esta ideia, Iwata acabou com a especulação de que a Nintendo adotaria a estratégia de levar seus jogos para smartphones e tablets. Ele deixou bem claro que a Nintendo não tem planos de lançar seus jogos para estes aparelhos, mas o plano é usa-los como uma nova maneira de se comunicar e criar relacionamento com novos públicos. O executivo deu poucos detalhes sobre como a empresa pretende chegar a este objetivo, mas ele disse que o plano inclui um aplicativo para mobile que atraia atenção para as franquias da empresa, bem com seu hardware.

Não dei restrições a equipe de desenvolvimento, nem mesmo os impedi de produtos jogos ou usar personagens de nossos jogos. Porém, afirmo que não temos planos de lançar jogos do Mario em aparelhos mobile. Nossa intenção é lançar aplicativos mobile ainda este ano que atraiam a atenção do consumidor e mostre o valor de nossos produtos de entretenimento.”

 

Sobre o Autor

Rodrigo de Souza

Game Designer, Professor e Pai (Não nessa ordem).
Gamer também, quando dá tempo.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper