Início » Debug Mode #79: Alphas, Betas e Tretas – Podcast
Debug Mode Destaque Podcasts

Debug Mode #79: Alphas, Betas e Tretas – Podcast

Novo episódio do Debug Mode, o podcast da GameFM!

Quem não gosta de testar antes de comprar? Com o movimento crescente de alphas e betas fechados e abertos, o público está tendo acesso a jogos em diversos estágios de desenvolvimento. Mas até que ponto isso é bom? Será que isso está se tornando uma desculpa para lançar jogos inacabados no mercado? A profissão de beta tester está extinta? Aproveitamos para falar um pouco de Kickstarter e Early Access também, que querendo ou não estão cada vez mais relacionados com o assunto. Confira!

Já conhece o grupo da GameFM no Facebook?
http://www.facebook.com/groups/gamersreunion/

Não deixe de dar sua opinião e participar nos comentários abaixo! Toda terça-feira as 20:30 sai um novo podcast! Se inscreva no canal da GameFM no YouTube para receber todas as novidades assim que elas estiverem disponíveis! ;)

Temos também um feed apenas para o Podcast. É só se inscrever que você receberá os novos episódios assim que eles estiverem disponíveis: http://www.gamefm.com.br/feed/debug-mode-podcast/

Além disso, estamos no iTunes também! É só procurar por Debug Mode pelo aplicativo de Podcasts que você poderá ouvir e baixar os episódios assim que eles saírem.

Para ouvir o Podcast clique no “vídeo” abaixou ou no player abaixo do YouTube. Você também pode baixar o MP3 do podcast clicando com o botão da direita em download e selecionando a opção “Salvar link como…”.

Sobre o Autor

Foto de perfil de Alan Motta Cardoso

Alan Motta Cardoso

Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games. Pode isso, Arnaldo?

Comentários

Loading Facebook Comments ...

2 Comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A respeito dos bugs no Daggerfall, eu sofri bem mais pela aleatoriedade, que para os bugs. Não sei se é porque uso a “versão mais recente”, que se não me engano, você instala executando o dag213.exe no dosbox(posso estar enganado, pois faz um muito tempo, desde que instalei ele no meu notebook via dosbox), mas não acho o daggerfall tão bugado assim. O bom dele, é que ele é RPG ao extremo. Por exemplo, meu personagem tem uma magia com 100% de sucesso, para matar qualquer criatura com um único hit. Existe o efeito de desintegração, que mata qualquer coisa, mas tem uma chance baixa de sucesso e consome muita mana. O que eu fiz? Increased Magery 3x, para ter 3 vezes a mana e após upar muito meu personagem, fiz uma magia que consome 297 pontos dos meus 300 pontos de mana e mata qualquer coisa com um golpe. E detalhe, meu skill em destruição esta em 93. A única fraqueza desta magia, é Spell Reflection. Algumas criaturas, podem refletir a magia em mim e me fazer me matar.

    Outra coisa interessante no Daggerfall, é ter várias questlines. Mesmo pra “main quest”, tudo bem que quase todas acabam na “Journey to Aetherius”, mas se um bug te atrapalhar de uma forma, busque outra. Não lembro quem comentou que o “Skyrim, é um TES simplificado”, esta mais que correto. O Skyrim, como RPG é um ótimo jogo de ação. Esta experiência toda, de tentar achar uma de várias formas, pra contornar um obstáculo que o jogo põe e a imersão, é algo que falta não só no Skyrim, como em muitos RPGs modernos… O Oblivion já me decepcionou muito por tirar levitação, tornar imortal muitos NPCs, etc. O Skyrim, nem spellmaking tem. Muita gente diz que “não tem tempo pra jogos complicados”, mas de pouco em pouco, da pra jogar. Eu por exemplo, estou a 2 anos e meio no Daggerfall e nunca terminei. Porque as vezes sou obrigado a dar um tempo e mesmo nas férias, os gráficos não animam ficar mais que uma hora jogando aquilo. Já devo ter tentado umas 10 vezes completar a ultima quest, mas sempre acabo encurralado e forçado a usar a magia Recall, pra voltar pro começo da dungeon e sair. Isto com as magias mais apelonas que eu consegui pensar e fazer; mas o TES online foi a decadência TOTAL da série.

    A respeito do Early access, quando o desenvolvedor é pequeno, eu até entendo. As grandes, se quiser um bom feedback, podem até fazer algo parecido, mas SEM COBRAR. Eu concordo que isto e os betas, estão virando formas de ter “mão de obra de graça”, para as empresas…

  • Acho que as Betas/Alphas dos games são uma coisa completamente inútil e ruim, as produtoras fazem isso pra deixar animação nos jogadores, quando chega a verão completa, é um jogo completamente diferente, isso sempre aconteceu comigo diante de um jogo que esperei e contei dia por dias, colei posters, e quando fui realmente pegar o jogo completo deu uma vontade de quebrar na minha própria cabeça.
    Claro, muitos vão ter a opinião completamente oposta a minha, mas emfim… Betas/Alphas são, ou pelomenos a maioria uma PUTA PERCA DE TEMPO. PS: Amei The Crew xD

Último Vídeo – GameFM – YouTube

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas