Início » Debug Mode #113: Eu joguei, mas ninguém conhece [Parte 2] – Podcast
Debug Mode Destaque Podcasts

Debug Mode #113: Eu joguei, mas ninguém conhece [Parte 2] – Podcast

Novo episódio do Debug Mode, o podcast da GameFM!

É, nós somos uns hipsters e tanto. Conhecemos tantos jogos obscuros que ninguém jogou que não coube tudo num podcast só. Sendo assim, fechamos (ou não) as nossas listas de games que por algum motivo nunca receberam a atenção que mereciam e passaram desapercebidos pela maioria das pessoas. Será que você conhece algum deles? Confira!

Visite a loja da GameFM! Acesse:
http://www.game.etc.br

Participe do grupo da GameFM no Facebook!
http://www.facebook.com/groups/gamersreunion/

Não deixe de dar sua opinião e participar nos comentários abaixo! Toda terça-feira as 20:30 sai um novo podcast (às vezes pode sair um pouco mais tarde por problemas técnicos, mas normalmente somos pontuais, hehe)! Se inscreva no canal da GameFM no YouTube para receber todas as novidades assim que elas estiverem disponíveis! ;)

Temos também um feed apenas para o Podcast. É só se inscrever que você receberá os novos episódios assim que eles estiverem disponíveis: http://www.gamefm.com.br/feed/debug-mode-podcast/

Além disso, estamos no iTunes também! É só procurar por Debug Mode pelo aplicativo de Podcasts que você poderá ouvir e baixar os episódios assim que eles saírem.

Para ouvir o Podcast clique no “vídeo” abaixou ou no player abaixo do YouTube. Você também pode baixar o MP3 do podcast clicando com o botão da direita em download e selecionando a opção “Salvar link como…”.

Sobre o Autor

Foto de perfil de Alan Motta Cardoso

Alan Motta Cardoso

Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games. Pode isso, Arnaldo?

Comentários

Loading Facebook Comments ...

2 Comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eu vou comentar a respeito dos dois podcasts.
    Excesso de hipsterismo, principalmente da parte do Rodrigo, de todos os games falados, eu joguei o Batman Begins, Yu Yu Hakusho Sunset Fighters, a série Bloody Roar inteira com exceção do Primal Fury (um comentário sobre Bloody Roar, eu acredito que de todos os games de luta do PS1 em 3D, só ele e o Rival Schools envelheceram bem).
    Enfim, eu joguei o Street Fighter EX 3 (saiu pra PS2 e quase ninguém sabe que ele existe), Metal Gear e Metal Gear 2 Solid Snake (MSX), World’s Scariest Police Chases (do PS1, meio obscuro), a série Onimusha inteira (o único game que todo mundo lembra é o Onimusha 3 Demon’s Siege, porque tem o Jean Reno), Code of the Samurai (jogo de aventura pra PS2 da Midas, obscuro pra caralho), Resident Evil Dead Aim (o último da série Survivor, também muito obscuro), Total Overdose (um sandbox da Eidos), os dois The Suffering (jogos de terror da Midway) e os games da WWE (na época WWF) pra Nintendo 64 feitos pela THQ, tanto o Wrestlemania 2000 quanto o No Mercy, que eram tão legais quanto os WCW vs nWo (eu também joguei os games feitos pela Acclaim, mas foda-se porque eles eram muito ruins e usavam a mesma engine, ou seja, eles cagavam e depois clonaram a merda, inclusive eles fizeram isso com os games da ECW).
    Se tiver algum jogo que eu me lembre que eu não falei, eu comento de novo.
    Enfim, excelente duologia, ou bilogia, sei lá.

  • Ah, eu joguei vários jogos de luta da SNK menos conhecidos como The Last Blade, Garou (ele é meio obscuro, tem que admitir) e Rage of the Dragons (baseado no universo de Double Dragon), também joguei o Metal Gear Ghost Babel do GBC, o WCW vs nWo (os dois, tanto o World Tour quanto o Revenge) e o Vigilante 8 – 2nd Offense na minha época de PS1, inclusive eu rejoguei recentemente e não, ele não é melhor do que Twisted Metal.
    Sobre o WCW vs nWo, ele não se chama assim por ser um crossover de empresas, ele se chama assim porque na época, tava rolando na WCW a história da nWo, um grupo de lutadores liderado pelo Hogan, pelo Kevin Nash e pelo Scott Hall que queria dominar a empresa, o jogo não tinha o Undertaker e nem o André the Giant porque nenhum deles nunca lutou na WCW e o André tinha morrido bem antes desse jogo ser feito, no jogo tinha o “The Giant” Paul Wight.

Último Vídeo – GameFM – YouTube

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas