Início » World of Final Fantasy (PS4 e PS Vita) – Review – ReVinha
Destaque Reviews ReVinha

World of Final Fantasy (PS4 e PS Vita) – Review – ReVinha

World of Final Fantasy é uma incrível homenagem à série

Jogos com homenagens são complicados. Eles podem ser bons, mas têm grandes chances de não serem nada demais, ou verdadeiras bombas. Felizmente, World of Final Fantasy é o primeiro caso. Trata-se de uma incrível homenagem à série da Square Enix, lançado no PS Vita e PS4.

Na aventura somos apresentados a Lann e Reynn, irmãos que levam suas vidas normais, até que fatos sobrenaturais e inexplicáveis começam a ocorrer, como criaturas mágicas que surgem em seu local de trabalho – uma cafeteria no melhor estilo “Starbucks”. Isso por conta de onde foram parar, o reino de Grymoire, onde acordam com pouca memória do que possa ter ocorrido e precisam buscar explicações.

É assim que iniciamos nossa jornada em World of Final Fantasy, RPG que mistura todos os jogos principais da série, com alguns extras pelo caminho. Em uma mistura de “Pokémon com Final Fantasy”, a ideia é lutar usando os dois irmãos, e também personagens ou monstros clássicos da série, que são capturados e lutam ao seu lado a seguir.

Em termos de jogabilidade, World of Final Fantasy respeita bem o que já foi feito. As batalhas são em turno, mas com barra de atividade, para saber quem vai agir depois de quem. A ideia é que o game remeta a boa parte do que já foi feito na série como um todo. Há as habilidades de sempre, incluindo invocações e magias com os nomes que já conhecemos.

O sistema de adoção de personagens e monstros é interessante, pois permite que “linkemos” um ao outro na batalha, causando maior estrago nos inimigos e oferecendo efeitos variados. É claro que tudo isso vem com o visual “fofinho” que o jogo apresenta, mas não deve incomodar quem já curte o design de Final Fantasy.

O game causa alguma confusão inicial graças a seus menus, que são muitos. Para um jogo que pretende ser simples, ele pode deixar o usuário perdido, principalmente pelas intermináveis explicações que são feitas nas primeiras duas horas da aventura. Porém, depois de dominados, eles já não são tão impeditivos ou complicados – apenas causam uma impressão inicial ruim.

Como um bom Final Fantasy, World of Final Fantasy preza pelo enredo, apesar de ter uma boa quantidade de área explorável e consequências para lidar com o que destravamos pelo mapa. O enredo não é exatamente o mais complexo e interessante já criado para a série, mas vai deixar feliz os mais nostálgicos.

Já falamos do visual, mas vale reforçar que o design dos personagens segue o estilo “fofinho” que o game se propõe. Ame ou odeie, ele foi feito para ser exatamente assim, como um “sonho de crianças”, que começam o jogo desta forma. Se espera algo mais realista, opte por Final Fantasy 13 ou 15, por exemplo.

Conclusão

World of Final Fantasy faz bem sua homenagem à série e usa com inteligência os personagens clássicos. O visual “fofinho” pode afastar aqueles que preferem jogos mais séries e “pé no chão” mas, em se tratando de um legítimo Final Fantasy, não se deve exigir muito em termos de realismo ou ambientação mais parecida com o nosso mundo. Trata-se de uma fantasia e é assim que tem de ser.

nota9

Sobre o Autor

Felipe Vinha

Jornalista por opção e por formação. Tenta não se viciar muito nos joguinhos eletrônicos, mas não tem jeito, eles são infalíveis na hora de arrancar dinheiro do nosso bolso.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas