Início » L.A. Noire (Switch) – Review – ReVinha
Destaque Reviews ReVinha

L.A. Noire (Switch) – Review – ReVinha

LA Noire mostra do que o Switch é capaz e muito mais

 

Se alguém te disser que o Switch é um console fraco, temos um novo jogo no mercado, já disponível no eShop e em cópias físicas, que prova o contrário. A versão de LA Noire para o console da Nintendo mostra que o pequeno notável é muito mais do que um simpático aparelho – ele é capaz de feitos incríveis.

A começar pelo visual: LA Noire no Switch roda em alta definição, seja na sua mão ou no modo “dockado”, ou seja, encaixado na base e visto na TV. O visual é muito, mas muito mesmo, próximo do que é visto no relançamento do jogo que saiu também no Xbox One e PS4. É claro que não dá para competir com o Xbox One X ou o PS4 Pro, mas nos modelos padrão, a coisa toda fica muito equiparada.

Esta edição também vem com compatibilidade do sensor de movimentos do Joy-Con. Analise provas de um crime ou itens encontrados no cenário apenas movendo suas mãos. Sabemos que todo esse papo de sensor de movimento já passou da moda, mas ainda é interessante ver como ele é bem usado nos aparelhos da Nintendo.

Mais do que o sensor, LA Noire usa com inteligência o HD Rumble, sistema de vibração do Joy-Con, que funciona de acordo com o local onde o usuário está tocando no objeto, dentro da tela. Também ajuda na hora de interrogar pessoas ao longo da aventura, o que é uma notícia ainda melhor.

E por falar em interrogatório, eles estão divertidos de se fazer como sempre foram em LA Noire. Tivemos melhorias: a forma de responder perguntas, acusar ou pedir informações mudou, com opções mais claras no menu principal durante toda a cena. A expressão facial dos personagens também segue bem próximo do que foi visto na geração anterior, recebendo apenas melhorias com estas reedições “remasterizadas” do game.

De resto, é LA Noire como você já estava acostumado. Um game de mundo aberto com muitas missões a serem resolvidas e que se passa na virada dos anos 40 para 50, em uma Los Angeles repleta de crimes. O mais interessante do game continua sendo sua narrativa, então tente saber um pouco de inglês para jogar – infelizmente, e inexplicavelmente, ele não vem com dublagens e nem mesmo legendas em português. Há ainda missões que foram originalmente DLC, na época em que o jogo saiu no PS3 e Xbox 360, mas que aqui estão já no pacote.

Conclusão

Se o idioma não for uma barreira para você, LA Noire é sempre uma ótima pedida em qualquer plataforma. Mas, se tiver a oportunidade, jogue no Switch, para se surpreender a cada cena e com cada novidade encontrada na jogabilidade. Uma conversão de qualidade, ainda que o valor seja um pouco alto, e que vai te render muitas horas de jogatina.

 

Sobre o Autor

Felipe Vinha

Jornalista por opção e por formação. Tenta não se viciar muito nos joguinhos eletrônicos, mas não tem jeito, eles são infalíveis na hora de arrancar dinheiro do nosso bolso.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

2 Comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas