Connect with us

O que está procurando?

Destaque

Designer de Assassin’s Creed III diz que Easy mode destrói o jogo

Alex Hutchinson, lead designer de Assassin’s Creed III disse que a Ubisoft está trabalhando duro para equilibrar a dificuldade e a curva de aprendizado do jogo

 

 

Como Game Designer, acho interessante algumas declarações que designers do mundo todo fazem de vez em quando. Sei que tem MUITO marketing e muito de falta de humildade em algumas declarações, mas também tem muito de ponto de vista, erros de tradução, o famoso “telefone sem fio”, entre outras coisas. Mas acima de tudo, penso que, se for pra falar besteira, melhor ficar calado.

Alex Hutchinson, lead designer de Assassin’s Creed III disse o seguinte:

“Muitos jogos foram arruinados por easy modes. Se você joga um cover shooter e muda o jogo para easy e não precisa mais usar o cover, então você “quebrou” o seu jogo. Você criou um jogo que é, essencialmente, a pior versão possível daquele jogo.”

Ele disse que a Ubisoft está trabalhando duro para equilibrar a dificuldade e a curva de aprendizado de ACIII. A empresa está usando 2 laboratórios de teste e troca os testers a cada semana. Os designers, então, assistem aos vídeos de qualquer momento do jogo que desejarem para analisar exatamente o que funcionou e o que não funcionou, aonde a mecânica falhou e o que pode ser melhorado em termos de desafio. Em resumo, a Ubisoft está refinando a dificuldade para que o jogo seja agradável para todos.

A declaração do cara faz sentido, mas ele acabou por atestar o óbvio. Um bom jogo não pode comprometer sua estrutura e o seu conceito para facilitar as coisas para o jogador. E um bom jogo equilibra isso muito bem.

O grande problema é  quando o jogo fica desbalanceado. Normalmente, os easy modes não ofecerem desafio a ninguém, mesmo aqueles jogadores inexperientes ao qual ele deveria apelar. Não é complicado criar uma experiência de jogo aonde a dificuldade muda com um simples apertar de botões sem comprometer a experiência e, assim, todo mundo fica feliz.

Advertisement. Scroll to continue reading.
5 Comments

5 Comments

  1. AnderShow Rodrigues

    5 de setembro de 2012 at 01:37

    Não entendi o sentido do post.. Você começa dizendo que se for pra falar besteira é melhor ficar calado, mas depois concorda com o cara.. Em seguida você diz que ele atesta o óbvio? Bom, eu discordo de vocês dois. Não vejo o easy mode como algo que destroi o jogo. Acho que o easy mode tem uma utilidade bem prática que eu chamo de Expandir a Faixa Etária dos Players (para baixo) porque assim crianças sem coordenação motora podem jogar o jogo, mesmo sem entender nada the história ou do que estão fazendo. E eu discordo de você em dizer que ele atesta o óbvio, porque no caso, eu enxergo que ele está querendo dizer que não tem interesse em um modo fácil do jogo (como é comum em jogos como FIFA), que no pensamento dele, o jogo tem que ir aumentando o nível de dificuldade.

    • Daniel Abreu

      5 de setembro de 2012 at 01:56

      Acho que a partir do momento que uma criança está jogando um jogo de assassinato, alguma coisa ta errada…

    • AnderShow Rodrigues

      5 de setembro de 2012 at 03:13

      lol.. O link matou gente, mário maltrata os animais, em naruto (jogos) mata-se pessoas, em counter strike eu não comento, agora só pq AC tem "assassin" no nome, é errado? crianças jogam GTA só pra correr pelas ruas com os tanks de cheat matando gente e fugindo da polícia..

    • Daniel Abreu

      5 de setembro de 2012 at 03:38

      O argumento continua o mesmo, à uma razão por trás da classificação etária dos jogos. Desses que vc citou, vc quer comparar mesmo o tipo de violência do Mario com AC, CS ou GTA? Se pra você é tudo a mesma coisa então n adianta nem perder tempo argumentando.

      Mas pra ficar claro e evitar mal compreensão. NÃO APENAS AC, mas qualquer jogo que possua um nivel de violência elevado (AKA classificados M ou 18+) não se deve usar um argumento do tipo "expandir a faixa etária" pq se fosse pra expandir, tirasse a violência e não deixasse mais facil.

  2. Rodrigo Silveira de Souza

    5 de setembro de 2012 at 12:03

    Eu disse que ele atesta o óbvio porque a partir do momento em que você deixa de usar os recursos do jogo (o cover como ele menciona) por conta do Easy Mode, você realmente destrói o jogo. Mas ele falou besteira porque deu a entender que isso acontece em todos os jogos. Eu sou totalmente a favor do Easy mode porque realmente expande não apenas a faixa etária, mas o grupo de players. Passar horas tentando passar de um chefe não é para qualquer um.
    Ele realmente está dizendo que não tem interesse em um easy mode em Assassin's Creed (até porque é um jogo relativamente fácil) e a progressão é compensatória, então aumenta muito pouco. Mas ele quis mesmo é atacar jogos que apelam ao easy mode e fazer propaganda de o quanto a Ubisoft se preocupa com isso e bla bla bla. Simples assim.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio GameFM

Twitch

Você também pode gostar

Curiosidades

Confira 5 jogos mais caros a serem produzidos

Destaque

O Game XP é uma área de jogos e eSports dentro do Rock in Rio 2017 e a GameFM foi lá no dia de...

Destaque

Rodrigo e Luiz se reunem mais uma vez para tentar decidir de uma vez por todas, qual os melhores controles de videogame já feitos?...

Destaque

Nesse episódio do GameFM Bits, Luiz e Rodrigo contam o que acharam da série do Castlevania que estrou recentemente do Netflix. Será que está...

Advertisement