Destaque Notícias

Ryse, da Crytek, terá microtransações para ajudar no multiplayer, ou seja, Pay-to-Win

A Microsoft revelou durante a Gamescom para a Videogamer que um dos seus títulos de lançamento, Ryse: Son of Rome, terá microtransações dentro do jogo. O produto comercializado serão boosters, ou seja, itens aleatórios, de armaduras, que melhorarão os seus personagens para o modo multiplayer do jogo. Os boosters poderão ser comprados com dinheiro do jogo, que você pode acumular durante o gameplay, mas existe sempre a saída dos fracos, e você pode gastar seu suado dinheiro de verdade para comprar itens que podem muito bem ser inúteis para o seu personagem. Yay.

Os pacotes de itens também tem classificações, Ouro, Prata e Bronze, e naturalmente Ouro será bem mais caro, mas terá chance maior de obter itens raros. Mass Effect 3 e FIFA: Ultimate Team tiveram sistemas semelhantes.

O jogo já causou polêmica pela excessiva quantidade de QTEs, além da jogabilidade rasa, o que é comum da Crytek, e ainda por cima, terão microtransações além do custo de US$ 60 do jogo para você humilhar aqueles que se dão ao trabalho de resistir à tentação? Pay-to-Win nunca foi uma estratégia feliz, e só tira o meu respeito ao jogo.

Sobre o Autor

Luiz Felipe Guimarães

Artista, modelador e apreciador de todos os estilos de jogos. Tem um diploma de graduação em biologia guardado em algum lugar. Só não sabe onde.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

3 Comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper