Reviews ReVinha

Scribblenauts Showdown (Switch, PS4, XOne) – Review – ReVinha

Scribblenauts Showdown é, literalmente, uma festa para a família

Se você já jogou qualquer Mario Party na sua vida, já sabe mais ou menos como Scribblenauts Showdown funciona. O título de quebra-cabeças e aventura mudou nesta nova versão e agora conta com minigames numerosos, desafios, jogos de tabuleiro, enfim – uma série de elementos que vão transformá-lo em seu “jogo oficial para jogar com a galera”, ou com a família, ou seus filhos e filhas, e por aí vai.

Claro que isso pode gerar alguns problemas, principalmente para quem buscava algo mais “tradicional”, em termos de Scribblenauts. Mas, para uma série tão nova, é realmente adequado reclamar neste sentido? Talvez não. Como é um jogo quase “experimental”, que te dá liberdade de fazer diversas ações, com base na sua escrita e na criatividade, dá para pensar naquela “colher de chá” na hora de analisar esta nova interpretação.

E é disso que se trata Scribblenauts Showdown, uma nova forma de ver e aproveitar a série. Em vez de uma campanha com missões e um fiapo de história, temos tudo isso completamente fora, agora com o game se focando em desafios simples, soltos, e pequenas gincanas que podem ser jogadas com outras pessoas, no conforto do seu sofá.

Aliás, sempre prefira jogar Scribblenauts Showdown com outras pessoas, de verdade. Sim, aquelas que existem. Jogar contra o computador é um pouco sem graça – na verdade, sem graça até demais. O ideal é que você aproveite Scribblenauts Showdown junto de amigos. O game, aliás, tem compatibilidade para até quatro controles. Infelizmente não há modo online, mas, sinceramente, não faz falta. Ele se garante bem no multiplayer local.

Já os minigames são um pouco atrapalhados, em alguns casos. A maioria é bem fácil de aprender – afinal, estamos falando de um game com aparência infantil e voltado para um público mais jovem. Ainda assim, os comandos que ensinam são um pouco confusos, pois é tudo muito rápido, incluindo os minigames em si.

Mas Scribblenauts Showdown se destaca facilmente em seu modo de board game. Aqui ele parece ainda mais com Mario Party e é a forma mais divertida de se jogar. Juntar até quatro pessoas para participar de várias gincanas, uma após a outra, é algo muito interessante feito em Scribblenauts Showdown. Os minigames inseridos no modo boardgame também são bem variados e não deixam o jogo repetitivo.

E, se você gosta de uma experiência mais tradicional, Scribblenauts Showdown tem ainda a modalidade sandbox, que te coloca numa verdadeira “caixa de areia” para brincar de forma livre, sem minigames, mas apenas com alguns desafios pré-estabelecidos, para quem quer aproveitar o jogo em um estilo mais clássico.

Apesar de causar certa estranheza de início, Scribblenauts Showdown está em um nível bem interessante de variedade. O jogo consegue agradar mesmo quem pedia por uma experiência mais nostálgica da série, se é que podemos classificar assim, e também inova ao ter outros modos de jogo, focado na “festa” e diversão sem limites.

Em termos visuais e de som, Scribblenauts Showdown não se destaca, mas também pudera: o game tem um design de personagens bem simples e sem muita variedade em seu modo básico. Ao menos ele contorna isso com colecionáveis, que são destrancáveis, e te permitem modificar os bonecos que você controla. Há um certo equilíbrio bacana.

Se você gostava da série como ela era, não tenha dúvidas: Scribblenauts Showdown continua divertido. Há um problema ou outro nos controles, mas se tornar um “Jogo de festa” para todo tipo de público, idade, membros da família, foi uma decisão acertada e que melhorou muito a acessibilidade da marca.

Sobre o Autor

Rodrigo de Souza

Game Designer, Professor e Pai (Não nessa ordem).
Gamer também, quando dá tempo.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper