Início » Debug Mode #22: Adeus, LucasArts – Podcast
Debug Mode Destaque Podcasts

Debug Mode #22: Adeus, LucasArts – Podcast

Novo episódio do Debug Mode, o Podcast da GameFM!

Dessa vez nos despedimos da tão amada LucasArts, que foi recentemente fechada pela Disney. Lembramos dos melhores jogos, contamos histórias envolvendo os jogos e damos o último adeus a essa empresa que nos deu tanta alegria.

Não deixe de dar sua opinião e participar nos comentários abaixo! Toda terça-feira sai um novo podcast!

E inscreva-se no canal da GameFM no YouTube para receber todas as novidades assim que elas estiverem disponíveis!

Agora temos um feed apenas para o Podcast! É só se inscrever que você receberá os novos episódios assim que eles estiverem disponíveis. http://www.gamefm.com.br/feed/debug-mode-podcast/

Estamos também no iTunes! Só procurar por Debug Mode pelo aplicativo de Podcasts que você poderá ouvir e baixar os episódios assim que eles saírem.

Para ouvir o Podcast clique no “vídeo” abaixou ou no player abaixo do YouTube. Você também pode baixar o MP3 do Podcast clicando em download.

Sobre o Autor

Alan Motta Cardoso

Tem Mestrado em Biologia Marinha mas atualmente trabalha com games. Pode isso, Arnaldo?

Comentários

Loading Facebook Comments ...

4 Comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Um dos jogos que eu mais joguei da Lucas Arts é o Star Wars Obi Wan (Xbox). O modo versus era muito bom, jogava o tempo todo. Outro que eu jogava muito em Lan Houses (???) era o Vigilante 8 e o Star Wars Racer de 64.Obrigado Por me ajudar a lembrar de muitos jogos que eu joguei (sim, nunca lembraria de Vigilante 8 porque eu tinha tipo, 8 anos quando jogava e pouco me ligava para o nome do jogo kkk. Muito Bom o Pod Cast de vocês. Como Sempre estão de parabéns. Só relembrando que espero o Pod Cast do Silent Hill e de Minecraft. Queria muito saber de suas experiencias a respeito destes. Não achei as “estrelinhas” no iTunes. Abraço.

  • Eu, mesmo, nunca fui muito fã the série star wars… Nunca assisti a nenhum filme, e só tenho o Racing pra 64… Dae a Lucas Arts naum tem mtu sentido pra mim… Mas estamos vivendo, como eu dizia, uma crise d criatividade… Várias empresas morrendo, outras já estão mortas e nem sabem disso, como a Rare… é o q o Rodrigo tava falando, vamo lá comprar essas empresas e fazer uma revolução… tá faltando amor à profissão, paixão pela arte d fazer games, bora fazer um perfect dark, um conker, um donkey kong country com o selo rare d qualidade… a gente fica grato pelo fato d o mercado d games ser tão farto, mas o fato das empresas clássicas q ajudaram a chegar lá estarem morrendo ou terem ficado capitalistas demais, é realmente triste… E como sugestão, o áudio no geral, mesmo, pode ser mais alto… Existem programas grátis na internet q dão um ganho no som, até um certo limite quando começa a distorcer… não vou fazer a propaganda aki dos programas, mas é bem fácil, 10 segundos procurando q acha :D

  • Eu aqui de novo. Caras, infelizmente eu não tive muito contato com os Point and Clicks da LucasArts, apesar de gostar muito do gênero e de sempre ter visto coisas sobre Grim Fandango e ter jogado o Maniac Mansion e tals, mas acho que a LucasArts vai trazer mais falta pela nostalgia do que ela fez do que pelo o que ela veio fazendo ultimamente, como vocês mesmos comentaram no Podcast. É aquele negócio que a gente tem de perder algo que se “conecta” com a sua infância, o que deixa a gente meio chocado mesmo. A parte chata disso tudo é o Star Wars 1313 ter sido cancelado, porque ele prometia muito.

    O que eu joguei bastante da LucasArts foram os jogos do Star Wars, apesar de eu não saber tanto sobre o universo da série. Eu joguei bastante o Shadows of the Empire do 64, apesar de me lembrar de poucas coisas dele, apenas das primeiras fases. Mas os que eu joguei bastante no Dreamcast foram o Jedi Power Battles que eu acho incrível e divertido até hoje, e o Star Wars: Racer que também é muito divertido e que eu sempre caia na risada porque quando você passava alguns corredores, eles gritavam na língua deles, mas dava pra ouvir claramente um “FILHA DA PUTAAAAAA”. Ah claro, teve o Star Wars Battlefront 2 que eu joguei bastante o modo Online na casa de um colega e era muito divertido, acho que uma das experiências online que eu mais usei até hoje em um jogo. Ainda vou correr atrás da série Force Unleashed.

    Acho melhor encerrar dessa vez o post antes que ele fique gigantesco como os outros que eu mandei, no mais, a empresa vai deixar aquela saudade sim pela nostalgia dos games antigos e principalmente um estigma de que ela poderia ter se recuperado e muito bem com o 1313, mas que infelizmente foi cancelado por culpa da Disney. Belo podcast como sempre e fico esperando pelo próximo!

  • Depois dessa só me resta tentar virar Full Throttle de novo em homenagem à assassinada LucasArts.
    Eu tenho o Rebel Assault, e achava incrível aquele estilo FMV interativo com ação e puzzles. Mas nunca consegui virar! A fase q vc controla a Millenium Falcon é simplesmente injogável! Vcs me fizeram ficar com vontade de tentar instalar aqui de novo e ver se o jogo era bugado mesmo ou eu que era noob… hehehe.
    Bora marcar um Rogue Squadron tb?

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas