Início » “3RL” do Xbox 360 custou cerca de 1 Bilhão de dólares para a Microsoft
Destaque Notícias

“3RL” do Xbox 360 custou cerca de 1 Bilhão de dólares para a Microsoft

Vamos refrescar um pouco a memória e relembrar dos tempos da geração passada, quando o Xbox 360 e o PS3 eram a novidade, e um dos maiores defeitos de console da história, as 3RL, que receberam vários nomes, entre eles “3 Red Lights” (três luzes vermelhas) e “Red Ring of Death” (anel vermelho da morte, conhecido também como RROD). Levou muito tempo até a Microsoft finalmente se livrar desse problema que acabava com vários 360 ao redor do mundo, que era relacionado ao superaquecimento do aparelho, que acabava com as soldas, causando maus contatos e a quebra do Xbox 360. Até tinha como consertar, mas o 360 nunca mais seria o mesmo, até com todos os coolers do mundo.

Enfim, voltando ao assunto em questão. Para os que não sabem, Peter Moore, atual COO da Electronic Arts, trabalhou na divisão do Xbox durante o tempo do Xbox 360, e passou por todas as dificuldades durante os primeiros anos do console, e respondeu em um podcast gravado com a IGN como realmente a Microsoft sofreu com o impacto.

Na época, a Microsoft não tinha ideia do que estava acontecendo com o 360, e foi somente algum tempo depois que descobriram que o aquecimento do console levava às tais luzes vermelhas. Moore se reuniu com Steve Ballmer, atual CEO da Microsoft, e apresentou uma solução um tanto quanto complicada para a empresa: mandar caixas da FedEx para todos os consumidores de Xbox 360 nos EUA, para que sejam consertados ou substituídos. A equipe de finanças da Microsoft calculou que os gastos para a operação toda ficariam em torno de 1.15 Bilhões de dólares, sendo 240 Milhões só para cobrir os custos com a FedEx (o que aumentou consideravelmente as ações da empresa de entregas). Ballmer aceitou a solução sem hesitar, e o resto é história. Os Xbox foram substituídos, e por muito tempo a Microsoft aceitou devoluções dos consoles defeituosos.

Moore complementa dizendo que se essa atitude de Ballmer não tivesse sido tomada, a marca Xbox como um todo, assim como o futuro da Microsoft nos games estaria selado. Naturalmente que o Xbox One nunca teria existido, e para Moore, oi uma época horrível, pois ele mesmo teve que tomar grande parte da responsabilidade, e dizer para a imprensa que a Microsoft ainda não sabia o que fazer. Claro, a mídia social não era tão proeminente naquela época, então digamos que Moore poderia ter sofrido muito mais se fosse nos dias de hoje, como rolou com Don Mattrick durante toda a polêmica no lançamento do Xbox One, que convenhamos, não é nada comparado com as luzes vermelhas do 360. Hoje a marca Xbox vale muito mais do que o bilhão gasto para consertar o problema, e o Xbox One está firme e forte.

Interessante saber de mais um pedaço da história do mundo dos games, e como certas decisões podem mudar tudo. Ainda não absolve a culpa da Microsoft pelo projeto falho do 360, mas a empresa conseguiu dar a volta por cima.

Sobre o Autor

Foto de perfil de Luiz Felipe Guimarães

Luiz Felipe Guimarães

Artista, modelador e apreciador de todos os estilos de jogos. Tem um diploma de graduação em biologia guardado em algum lugar. Só não sabe onde.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Último Vídeo – GameFM – YouTube

Media Kit GameFM
Debug Mode - Podcast
GameFM Play
Mesa do Fliper






Pular para a barra de ferramentas