Notícias

EA Sports está sendo processada por acordos anticompetitivos

Um processo foi instaurado nos EUA em favor de todos os residentes no país que compraram uma cópia de Madden NFL, NCAA Football ou Arena Football nos últimos sete anos e meio.

O processo acusa a EA Sports de “uma série de acordos injustos e anticompetitivos com a National Football League, a NFL Players Union, Arena Football League e a National Collegiate Athtletic Association.”

“A Electronic Arts expulsou a concorrência do mercado para software de futebol americano interativo, incluindo a Take Two Interactive Software, a criadora da série NFK 2K5 e impediu qualquer outra empresa que pudesse fazer concorrência de entrar no mercado.”

O processo argumenta que esta prática viola o direito de todo cidadão americano que comprou uma cópia dos jogos de futebol americano da EA em qualquer formato entre Janeiro de 2005 e Junho de 2012.

Se bem sucedido, o processo vai impedir a EA de fazer novos acordos de licenciamento exclusivos.

“Se condenada, a EA vai ficar impedidada de fazer licenças exclusivas com a AFL por cinco anos a partir da data de aprovação do processo. A EA também não poderá renovar seus contratos de licença com a CLC com base em exclusividade por 5 anos depois que ele expirar em 2014. A EA também não poderá propor licença exclusiva para fazer jogos de futebol americano com a CLC, a NCAA ou qualquer menbro da instituição que esteve sob o contrato de cincoa nos depois que o atual contrato com a CLC expirar.

A EA negou qualquer ilegalidade em seus contratos com qualquer empresa ou instituição.