Connect with us

O que está procurando?

Destaque

Senadora americana diz que video games podem criar assassinos em massa

A senadora democrata Dianne Feinstein fez um discurso contra video games violentos e disse que este games podem criar assassinos em massa

 

U.S. Senate Intelligence Committee Chairman Senator Feinstein speaks to the media on NRA/assault weapons in Washington

A senadora democrata Dianne Feinstein fez um discurso contra video games violentos. Em entrevista a senadora falou que este jogos podem criar assassinos em massa.

“Eu acho que jogos muito violentos podem se  tornar um simulador e levar à prática. Eles permitem que um indivíduo se torne mais tolerante à morte e ao sangue,” disse Feinstein, se referindo aos exageros nos quais alguns games mostram a violência e a morte.

“Obviamente não é assim na vida real,” ela concluiu.

Durante um evento na semana passada, Feinstein disse que jogos violentos têm “uma influência muito negativa nos jovens.” Ela ainda disse que, se a industria de games continuar a fazer jogos que glorificam as armas, o congresso deveria intervir.

Os comentários da senadora seguem as consequências do massacre ocorrido em Dezembro, em Connecticut, aonde um homem de 20 anos assassinou 20 crianças com idades entre 4 e 6 anos e seis adultos e em seguida se matou.

O assassino era um dos “gamer demente.” Gamers norte-americanos com problemas psicológicos.

9 Comments

9 Comments

  1. Gabriel Machado

    12 de abril de 2013 at 00:43

    Filmes não? Ok, então interditem Hollywood. =]

  2. Thales Alves

    11 de abril de 2013 at 21:51

    Humn….Se quer acabar com a violência proíba a veda de armas e essa merda toda e depois vá examinar com cautela os videogames, as pessoas acham mais fácil tirar os jogos violentos do que tirar as malditas armas u_u

  3. Renan Marin

    12 de abril de 2013 at 03:34

    "obviamenta não é assim na vida real".
    Claro sua veiá pelanguenta, se jogo foce para ser igual a vida real qual teria a graça? é cada coisa.

  4. Caio Alves

    12 de abril de 2013 at 15:06

    sim, estados unidos falando sobre armas? pff!
    estados unidos tem uma cultura de armas muito grande, só q sem armas, sem dinheiro pra eles.
    então, culpem os jogos.

  5. Bárbara Bianchini

    13 de abril de 2013 at 01:52

    Como essa senhora pode falar tantas asneiras? Quem cultua mais a violência? Um jogo ou um governo violento que massacra povos para se mostrar superior, que cultua o uso de armas e as vende de forma indiscriminada? Cultura que cultua a separação de massas onde os fracos sofrem desde sempre nas escolas? É muito fácil culpar um grupo de "menor" expressão com o dos games, do que culpar a si mesmo e a sua merda de governo…

  6. Felipe Da Silva Amorim

    13 de abril de 2013 at 02:44

    Pronot então depois do Homen de Ferro, Haverá muitos Tony´s Stark e eles unidos conseguirão a Paz Mundial!^^.

  7. Wender Junior

    14 de abril de 2013 at 06:15

    se eu te visse sua véia Plagiateada ia meter um FUS RO DAH em você SHAUSHAUSHAUSHUA!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio GameFM

Twitch

Você também pode gostar

Destaque

Chegou a hora de votar no GameFM Awards 2020! É o momento de você decidir quais foram os melhores e piores do ano que...

Destaque

O xCloud foi finalmente foi liberado para todos. Veja como acessar no Brasil jogando pelo seu celular e o que achamos no novo serviço...

Notícias

Assassin’s Creed Valhalla ganha nova data de lançamento

Destaque

Rock in Rio terá 2 arenas dedicadas a games e inovações tecnológicas

Advertisement